Carteira digital Electrum sofreu ataque hacker que roubou 245 bitcoins de seus usuários

Um ataque hacker pode ter roubado 245 bitcoins – equivalente a R$ 3,6 milhões – da carteira digital Electrum, alertaram os desenvolvedores do próprio software, sem especificar o início da fraude que foi ano passado, mas ressaltando que ela ainda está em curso. De acordo com o colunista de segurança cibernética Althieres Rohr, do G1, os hackers criaram servidores falsos e disseminaram uma versão adulterada da Electrum.

O programa modificado foi disseminado na própria rede da Electrum por meio de servidores que se conectam à rede e esperam a solicitação de transações pelos usuários. Se o usuário se conecta a um desses servidores, ele recebe uma mensagem de erro e de solicitação para a instalação de uma “atualização de segurança”. Se o download é realizado, será baixado o software que efetuará o roubo da carteira digital.

De acordo com a CipherTrace, uma empresa especializada na segurança da Blockchain — a tecnologia usada no Bitcoin —, criminosos teriam roubado um total de US$ 927 milhões (cerca de R$ 3,5 bilhões) com ataques contra utilizadores de criptomoedas nos nove primeiros meses de 2018.

Para diminuir a incidência de fraude, os desenvolvedores da Electrum modificaram o programa dos hackers, para que a mensagem seja exibida sem formatação. Mesmo assim, há possibilidade de os criminosos modificarem o texto da mensagem para que o roubo continue em versões mais novas da carteira digital. A empresa recomenda, neste caso, ao usuário evitar de clicar em links divulgados nas mensagens.

Fonte Investing