Ethereum Classic: Gate.io recebe US$ 100 mil de volta após ataque de 51%

A corretora de criptomoedas Gate.io informou que o suposto organizador do ataque de 51% contra a rede do Ethereum Classic devolveu os US$ 100.000, que seus usuários perderam anteriormente.

No início desta semana, a exchange de Hong Kong afirmou que, como resultado do ataque, seus usuários perderam cerca de 40.000 ETC, prometendo compensar as perdas às suas próprias custas.

No entanto, no sábado, representantes da Gate.io relataram que um hacker desconhecido devolveu pelo menos metade desse valor para a corretora. A empresa também observou que estava tentando entrar em contato com o hacker, mas até agora não recebeu nenhuma resposta. A corretora também não sabe as razões pelas quais os fundos foram devolvidos. A mesma declarou que:

“Se o organizador do ataque não quisesse obter benefícios, então poderia ser um hacker branco que quisesse lembrar as pessoas dos riscos inerentes aos consensos das blockchains e à segurança proporcionada pelo poder da computação”.

Outro ataque na rede do Ethereum Classic ainda é possível

Representantes da Gate.io também afirmaram que o atual hashrate da rede do ETC ainda não é alto o suficiente, o que deixa a possibilidade de outro ataque de 51% por meio do poder de computação emprestado.

Atualmente, 4000 confirmações são necessárias na Gate.io para concluir com sucesso as transações em ETC. A corretora acredita que isso aumentará o nível de segurança e pede que outras plataformas tomem medidas semelhantes para proteger os traders.

A situação do Ethereum Classic parece apenas piorar após o tal ataque de 51%. Após a situação inicial do anúncio do problema, ainda houveram as consequências secundárias.

Antes disso ainda, a IOHK, uma das maiores colaboradoras do projeto desde seu início – na ocasião do Hard Fork da Rede Ethereum – anunciou que estaria deixando de investir na solução. Na semana passada, muitas corretoras anunciaram que bloqueariam as movimentações devido à ocorrência.

Matéria BTCSoul