Facebook rastreia sua localização se você comentar contra Mark Zuckerberg

O Facebook é um tesouro de uma quantidade inimaginável de dados e, por enquanto, estamos cientes de que a empresa pode usar esses dados contra nós. Em uma revelação surpreendente da CNBC , descobriu-se que o Facebook também registra a localização de todos os usuários que ameaçam seus funcionários e a empresa.

De acordo com a CNBC, mais de uma dúzia de ex-funcionários do Facebook confirmaram que a empresa mantém um registro de comentários negativos em sua plataforma e, em alguns casos, rastreia os indivíduos que podem representar uma ameaça aos seus funcionários e à própria empresa.

De acordo com um porta-voz do Facebook, “nossa equipe de segurança física existe para manter os funcionários do Facebook seguros”, disse em um comunicado. “Eles usam medidas padrão da indústria para avaliar e lidar com ameaças reais de violência contra nossos funcionários e nossa empresa, e encaminham essas ameaças para as autoridades quando necessário”.

Facebook mantém uma lista “Negra”, que é atualizado a cada semana desde que a empresa começou a mantê-la em 2008. Cada vez que uma nova pessoa é adicionado à lista, o Facebook encaminha os detalhes, incluindo nome, fotografia do usuário, sua localização geral e uma breve descrição sobre por que eles foram adicionados à sua equipe de segurança.

Os critérios para adicionar nesta lista são muito baixos . Enquanto alguns usuários foram adicionados por enviar e-mails ameaçadores para os funcionários do Facebook, outros foram simplesmente adicionados porque eles comentaram “F **se Mark”, “F **se Facebook”, ou “Eu vou Fo… a sua Mãe .

A forma como o Facebook gerencia seus dados e os utiliza para seu próprio motivo, mesmo que para proteger seus funcionários, é uma violação de privacidade. Se você criticou o Facebook ou comentou contra Mark Zuckerberg, há chances de que você esteja na lista “Negra” da empresa e sua localização esteja sendo monitorada.