Hackers whitehat ganharam US $ 878.000 de contratos com recompensas de bugs de cripto em 2018

Hackers whitehat ou hackers do bem, receberam US $ 878 mil em recompensas neste ano, informou o site de notícias tecnológicas TheNextWeb em 30 de dezembro.

As recompensas de bugs são um tipo de competição em que as empresas que desenvolvem software convidam hackers a quebrar seus softwares e a divulgar responsavelmente as vulnerabilidades, para que elas possam ser consertadas antes que sejam exploradas.

De acordo com o TheNextWeb, hackers ganharam US $ 534.500 da HackerOne, uma plataforma de bugs que conecta empresas com hackers apenas da Block.one, a empresa que está por trás da EOS. De fato, a Block.one é supostamente responsável por 60% de todas as recompensas distribuídas neste ano.

A importante exchange cripto Coinbase é declaradamente o segundo maior distribuidor de recompensas e gastou US $ 290.381 em 2018. A Tron é a terceira no ranking, pagando supostamente US $ 76.200 neste ano.

Quase 4% de todas as recompensas concedidas na plataforma foram para vulnerabilidades do blockchain, disse um porta-voz da HackerOne ao TheNextWeb. O prêmio médio na indústria de blockchain foi de US $ 1.490 neste ano, enquanto a recompensa média da HackerOne no quarto trimestre de 2018 foi de cerca de US $ 900.

Como a Cointelegraph informou recentemente, os aplicativos descentralizados (DApps) da EOS perderam até US $ 1 milhão para hacks desde julho. Além disso, a carteira física Ledger recentemente lamentou o fato de os pesquisadores de segurança terem divulgado publicamente vulnerabilidades em suas carteiras físicas, em vez de seguirem os princípios de segurança padrão escritos no programa Ledger’s Bounty.

Matéria Cointelegraph